quinta-feira, 20 de novembro de 2014

3 dias de escuridão

OS 3 DIAS DE ESCURIDÃO
Em muitas profecias vemos aparecer, de forma bastante freqüente, a referência sobre “três dias e três noites de escuridão” ou 72 duas horas de densas trevas. Não apenas as profecias, mas também um considerável número de videntes, sensitivos e médiuns têm se deparado com visões destes três dias em que tudo permanecerá numa assustadora e contínua sombra. Essa obscuridade irá marcar a passagem de um ponto a outro, de um mundo a outro, de uma condição a outra. Nesse momento em diante estaremos mais próximos de um mundo de regeneração, e uma nova humanidade irá nascer.

Esses três dias serão o momento de maior intensidade da transição planetária, quando o desespero tomará conta de grande parte da humanidade. Para os despertos, esses dias serão apenas o prelúdio de um despertar generalizado do planeta, e um momento de grande regozijo espiritual. Os seres já despertos verão tudo de camarote, assistindo de fora, sem se envolverem com os desastres e os sofrimentos que marcarão nesta época. Sua fé será o farol que os conduzirá a um porto seguro. Não há dúvida que, para as almas ainda cegas da realidade espiritual, os três dias de escuridão serão algo extremamente árduo e penoso, e um desencarne em massa pode ocorrer, talvez até de bilhões de pessoas, dependendo do êxito ou do fracasso do despertar de cada um.
Porém, não há o que temer, tudo estará seguindo conforme o plano evolutivo. Alguns afirmam que essa escuridão será provocada pelas bombas atômicas; outros dizem que o sol ficará escuro por conta de seu alinhamento com o centro da galáxia; outros ainda alegam que um grande astro virá e se chocará com a Terra, suspendendo uma imensa nuvem de poeira que cobrirá os céus e impedirá que os raios solares alcancem a Terra. No entanto, parece que o mais provável é que alguns super vulcões entrem em erupção e suas cinzas sejam tão abundantes e espessas que cubram quase toda a atmosfera terrestre, gerando essa escuridão de que tanto falam. Pode ser também mais de uma destas alternativas. O fato é que tudo isso deve ser encarado como uma ante sala escura que precede o portal de luz que nos conduzirá a uma nova era de paz e amor. É tão somente o umbral que devemos atravessar para atingir uma nova condição. Em outras palavras, é túnel escuro que conduz a luminosidade no seu final; ou ainda uma escura madrugada de densas tempestades que antecede um novo amanhecer.
Assim como Jesus passou por três provações sendo tentado pelo demônio; Buda passou pelos três testes impostos por Maya, o demônio das ilusões; assim também nós, seres humanos comuns, passaremos pelos três dias de escuridão, que para cada pessoa representará duras provações antes de estarmos aptos a adentrar na nova humanidade. É preciso dizer o seguinte: neste período de três dias escuros, as nossas trevas interiores, representadas pelos nossos defeitos, imperfeições, erros, traumas, etc, virão à tona e tudo isso se fará evidente à consciência. Nestes três dias, teremos que lidar com todo esse conteúdo inconsciente até então dissimulado por nossos mecanismos de defesa. Aqueles que conseguirem superar suas mazelas internas poderão atravessar os portais que nos levarão ao “novo mundo”.
Como já dissemos, é grande o número de profecias que falam sobre os três dias, em muitas culturas e épocas diferentes. Vemos na Bíblia em Êxodo (10:22): “E Moisés estendeu a sua mão para o céu, e houve trevas espessas em toda a terra do Egito por três dias”. Em algumas aparições da Virgem Maria, se fala também dos três dias de escuridão.
Na aparição de Fátima, em seu terceiro segredo, se fala sobre “Três dias e três noites de escuridão”. A aparição de Fátima, em Portugal, ocorreu em 1917, quando três crianças: Lúcia, Jacinta e Francisco (os três pastorzinhos), tiveram uma visão de, em suas próprias palavras: “…uma senhora mais branca que o Sol”. Essa visão causou um grande alvoroço na cidade. No último dia das visões, milhares de pessoas foram em caravana ao local onde a senhora luminosa disse que apareceria novamente.
Nesse momento os segredos foram revelados, e coisas extraordinárias ocorreram: luzes se fizeram presentes descendo do céu, curas milagrosas se deram no local e outros acontecimentos fantásticos, testemunhados por milhares de pessoas que estiveram neste lugar e viram tudo ocorrer. A Igreja manteve em segredo as mensagens de Fátima por muitas décadas, por isso se chamam de “Três Segredos”
O terceiro segredo, só recentemente revelado, diz o seguinte: “Esta guerra destruirá tudo, a escuridão cairá sobre a Terra durante 72 horas (três dias). Apenas uma terça parte da humanidade sobreviverá a estas 72 horas de escuridão e terror e começará a viver em uma era nova, serão as pessoas boas. Em uma noite muito fria, 10 minutos antes da meia-noite, um grande terremoto sacudirá a Terra durante 8 horas. Este será o terceiro sinal de que Deus é quem governa a Terra. Os bons, aqueles que propagarem esta mensagem, a profecia da Santa Mãe Maria anunciada em Fátima, não devem temer, não tenham nenhum receio”.
Outro que fala dos três dias de escuridão é o camponês alemão Franz Kuzelberg. Em 1922 teve uma incrível visão a respeito: “Trevas por três dias e três noites. Começa com um terrível estrondo de trovão e um terremoto. Não se pode comer nem dormir, somente rezar. Ardem somente velas bentas. Relâmpagos penetram nas casas; ouvem-se terríveis imprecações do demônio. Terremotos, trovões, som do mar. Quem olhar, por curiosidade, pela janela, não escapará da morte”.
A Sibila de Praga, uma famosa vidente que viveu no século XVI, fez várias profecias que se realizaram, inclusive falando sobre o desenvolvimento tecnológico da humanidade, e surpreendentemente muitas foram confirmadas com o passar dos séculos. Por exemplo, ela disse que em suas visões “corre uma carruagem sem cavalos (automóvel), impelida por um líquido estranho(petróleo)” e também sobre “o cogumelo que alcança as nuvens e traz a morte” (bomba atômica) e ainda dos “pássaros prateados voam pelos ares” (avião). Síbila de Praga não fala especificamente sobre os três dias, mas fala sobre a escuridão que se lançará sobre a humanidade: “Nuvens imensas escurecem a Terra, envolvendo-a em gelo e escuridão. No dia de Santa Verônica (4 de fevereiro), a humanidade lança um grito de espanto e terror”.
A beata Ana Maria Taigi, nascida em Viena no ano de 1769, foi outra que recebeu mensagens sobre os três dias de escuridão. Ana Maria era uma mulher muito humilde, e muito respeitada na igreja. Sua casa foi um local de reunião de eminentes personalidades da Igreja e do Estado, que iam ao seu encontro pedir conselhos e intercessões a respeito das questões divinas. Apesar de ter sido esposa e mãe de sete filhos, Ana entregou-se profundamente a vida religiosa e teve sublimes experiências místicas. Ana possuía muitos dons paranormais e frequentemente se debatia em orações fervorosas em auxílio de pessoas que ainda não tinham encontrado Deus em suas vidas. Vivenciou inúmeras tormentas físicas, com graves doenças, a fim de ajudar a redimir os pecados de pessoas ainda mergulhadas nas ilusões mundanas.
Suas profecias tiveram origem numa luz misteriosa que sempre a acompanhara. Sobre os três dias de trevas, ela diz o seguinte: “Trevas extremamente espessas espalhar-se-ão pelo mundo, envolvendo a terra por 3 dias e 3 noites. Durante essas trevas será absolutamente impossível distinguir qualquer coisa. O ar ficará empestado pelos demônios, que aparecerão sob as formas mais asquerosas; essa pestilência atingirá principalmente os inimigos da religião. Nesses dias será impossível a luz natural. Aquele que, por curiosidade, abrir a janela, olhar para fora ou sair pela porta, cairá morto. Durante esses dias, devemos ficar em casa rezando o terço e invocando a misericórdia de Deus. As velas bentas preservarão da morte, assim como a invocação a Maria e aos anjos”.
Outro que fala sobre a presença de “demônios” na Terra é o franciscano Davi Lopez. Em um local de oração, ele começou a ouvir uma voz feminina, a voz de Nossa Senhora, que a ele disse: “As impressões que tive, durante a fala de Nossa Senhora, foram as seguintes: Durante os 3 dias de trevas não haverá mais demônios no Inferno, eles estarão todos na terra. Esses 3 dias serão tão escuros que ninguém conseguirá enxergar as próprias mãos.
Os que não estiverem em estado de graça morrerão de susto, ao se verem assediados por demônios horríveis, e até mesmo morrerão de loucura. A Virgem me disse: Mantenham fechadas as portas e janelas e não atendam a ninguém que os chamem de fora. De fato, a maior tentação será a dos demônios, imitando as vozes das pessoas que amamos. Ela me disse: Por favor, não se deixem enganar, porque não são os seus entes queridos, e sim os demônios tentando fazê-los sair de casa. Deus já escolheu as pessoas que serão martirizadas no começo dos dias de trevas. Elas não devem se assustar, porque Deus lhes dará a graça da perseverança e, depois do martírio, os anjos as transportarão para o Céu em corpo e alma.
Os dias de trevas serão particularmente difíceis para os que vivem sós e para os pais, pois eles ouvirão as vozes dos filhos chamando-os de fora de suas casas. Por isso, os cristãos devem formar comunidades orientadas em especial para o cuidado das pessoas idosas e as que estão sozinhas, acolhendo-as e dando-lhes muita atenção, de maneira a não se sentirem rejeitadas pela sociedade. Os pais devem ensinar os filhos a rezar, enquanto são novos, pois, durante os dias de trevas, as orações dos pequeninos farão milagres. Além disso, a oração será um meio de salvação nesses dias de trevas”.
Aqui devemos interpretar esses demônios como nossos próprios “demônios interiores”, originários do profundo arcabouço do nosso inconsciente, que virão à tona no momento da provação. Consciente e inconsciente estarão muito próximos um do outro, a ponto de a mente produzir alucinações sobre acontecimentos negativos e nos ludibriar. É preciso manter a fé, a esperança e o pensamento elevado, para não se deixar enganar por falsas visões e superar todas as más tendências inconscientes que começarão a se expressar de forma mais aberta. É possível que a vibração mais forte que incidirá sobre o planeta produzirá estas alucinações, que nada mais são do que o nosso inconsciente se apresentando de forma nua e crua, e pedindo para que seja harmonizado e transcendido. Após cruzar o umbral do inconsciente, estaremos purificados o suficiente para viver a nova era.
Outra visão sobre isso diz respeito a subida do umbral a Terra. Espíritos muito inferiores estariam livres para subir a Terra e atacar os seres humanos nesse momento. Isso significa que, ao menos nesse momento dos três dias, os portais do submundo estariam abertos, e esses seres obscuros podem, talvez, estar presente e nos assediar. No entanto, aquele que manter sua fé inabalável, seja ela qual for, estará protegido, assim como aqueles que não permitirem quedar-se na ilusão dessas formas astralinas e exteriores. Basta manter a tranquilidade, não se deixar levar pela ilusão das formas, ter fé no plano divino e em nossa luz interior, e tudo transcorrerá bem. Será como um parto: uma dor fortíssima se abate sobre a mãe, mas o resultado é sempre um novo nascimento.
É preciso também lembrar que essa profecia dos três dias e três noites, apesar de ser comum a grande número de videntes, místicos e religiosos, pode não se concretizar. Tudo isso vai depender do nosso livre arbítrio. O ser humano cria seu céu ou seu inferno, e pode perfeitamente tomar as providências para que nada disso seja necessário. Nenhuma profecia é algo imutável, certo, irreversível. Qualquer profecia, não importa qual, pode ocorrer ou não ocorrer. Cabe ao ser humano aprender com seus erros e transformar o estado atual de degradação que ele próprio impôs ao planeta. Porém, parece realmente que o tempo vai passando e o ser humano não está muito interessado em deixar de lado esse viés materialista, individualista, destrutivo e egoísta que caracteriza a vida moderna. Por esse motivo, as profecias, que representam sempre um “futuro possível”, estão mais próximas de se efetivar.
O vidente cristão alemão Alois Irlmaier (1894-1959) foi muito prestigiado em vida. Acertou muitas de suas previsões. Chegou a ajudar a polícia na solução de vários casos, fazia diagnósticos corretos de doenças e sempre acertava quando lhe era perguntado sobre o retorno ou não de um filho ao lar durante a guerra. Irlmaier era um homem simples, e acertou várias de suas previsões. Vejamos o que ele diz sobre os três dias: “Haverá escuridão um dia, durante a guerra. Então, cairá granizo com raios e trovões e um terremoto sacudirá a terra. Então, não saiam de casa! Não haverá mais luz, a não ser de vela, a energia elétrica será interrompida. Quem respirar com força a poeira ficará com caimbras e morrerá. Não abram a janela, pendurem nela papel preto. Toda água exposta ficará envenenada e todo alimento exposto que não for enlatado. Também todo o alimento em vidros ou em copos serão afetados porque o vidro não os protegerá. Lá fora haverá a morte pelo pó, muitas pessoas morrerão. Após 72 horas tudo passará, mas digo mais uma vez: não saiam e nem olhem pela janela. Deixem acesas as velas consagradas ou as de cera. E rezem. Pois nessa noite, morrerão mais pessoas do que nas duas guerras mundiais.”
A religiosa mística Marie-Julie Jahenny foi uma das figuras mais importantes da Igreja católica na França. Nascida em 1850, ela tinha os estigmas de Cristo em suas mãos. Foi depositária das chagas de Jesus ainda jovem, desde os 23 anos. Daí em diante os manteve por um período de 60 anos. Tinha chagas nas mãos, pés, do lado e na cabeça, como uma coroa de espinhos posta em seu crânio, além de uma cruz gravada em sua testa. Dizem que seus estigmas foram os mais visíveis e patentes de toda a história dos estigmatizados. Marie teve várias visões luminosas de Jesus e de Maria que teriam lhe informado sobre o futuro da humanidade. Suas profecias abarcam situações como grandes terremotos, fortes tempestades, muitas colheitas perdidas (algo que já está ocorrendo cada vez mais), pragas desconhecidas que se espalharão em grande velocidade, dentre outras catástrofes coletivas.
Sobre os três dias, ela disse: “Virão três dias de completa escuridão. Só as velas bentas darão um pouco de luz nessa treva horrorosa. Mas não arderão na casa dos ímpios. Uma só vela será suficiente para os três dias. Os relâmpagos penetrarão nas casas dos servos de Deus e não apagarão as velas. Nem vento, nem tempestades nem terremotos o conseguirão. Nuvens vermelhas como sangue cruzarão o céu e o estrondo dos trovões fará estremecer a terra até o seu centro. Os oceanos lançarão suas espumantes ondas sobre a terra que se converterá num enorme cemitério. Os cadáveres dos maus e dos bons cobrirão a face da terra. O castigo será mundial.”
São Gaspar de Búfalo foi padre católico e fundador da ordem do preciosíssimo sangue. Nascido em 1786, Gaspar também teve visões sobre os três dias de escuridão: “A morte dos impenitentes da Igreja ocorrerá durante os três dias de trevas. Quem sobreviver acreditará encontrar-se sozinho na terra, pois o mundo estará coberto de cadáveres”. Na aparição de Maria a Rosa Quattrini, na Itália, uma mensagem semelhante foi ouvida pela receptora: “O sol desaparecerá, dando lugar às trevas, que durarão três dias e três noites. Então, o fogo da purificação realizará a sua obra devastadora“.
Além da mística cristã Marie-Julie Jahenny, outro estigmatizado que falou sobre a escuridão foi o Padre italiano São Pio de Pietrelcina. Padre Pio nasceu em Foggia, e se tornou um Padre Capuchinho. Desde a infância, quando se encontrava recolhido e tranquilo, tinha visões de Jesus e da Virgem Maria, que vinham lhe falar. Muitos milagres e curas foram realizados por ele ou através dele. Procurava ajudar o povo pobre que morava próximo a sua paróquia. Chegava a pegar o dinheiro da própria igreja para dar aos pobres e necessitados da região. Certa feita, pediu a Jesus que lhe desse a capacidade de pegar para si o sofrimento da humanidade. Foi quando apareceram as chagas de Cristo em suas mãos e pés. Por um período de 50 anos, carregou as chagas em suas mãos, e só depois de 50 anos elas desapareceram. Padre Pio era conhecido por seu dom de clarividência e sua bilocação. Às vezes permanecia até 16 horas seguidas no confessionário ajudando as pessoas que vinham lhe pedir auxílio.
Numa de suas visões, Padre Pio sentiu a presença de Jesus, que lhe transmitiu a seguinte mensagem: “Das nuvens, espalhar-se-ão sobre toda a terra, furacões e fogo em movimento, ventanias e tempestades, trovões e terremotos irão se suceder ininterruptamente. Continuamente uma chuva de fogo descerá sobre a terra, cobrindo-a durante dois dias. Isto vai provar que Deus está acima de tudo. Reze e faça penitência. Avise aos outros para fazer o mesmo porque o tempo está próximo. Persevere na oração, para que seu adversário não tenha domínio sobre ti. Diga ao meu povo para que esteja preparado, porque Meu julgamento deve vir repentinamente e ninguém escapará das Minhas mãos. Protegerei os justos. Observe o sol, a lua e as estrelas do céu e quando elas parecerem estar desordenadas sem razão, saiba que o dia não está longe. Fique unido em oração e espere até que o anjo da destruição tenha passado por sua porta. Ore que estes dias sejam curtos”.
Nessa mensagem, Jesus, através do Padre Pio, ensina o que deve ser feito nos três dias: “Para que possais vos preparar para estes acontecimentos Eu vos dou esses sinais: A noite será muito fria; o vento bramirá. Depois de algum tempo o trovão reboará. Então fechem bem todas as janelas e as portas; não falem a ninguém de fora da casa. Ajoelhem-se diante do Crucifixo, arrependam-se dos seus pecados e peçam a proteção de Minha Mãe. Enquanto a terra tremer não olhem para fora, pois a ira de Deus é santa. Eu não quero que olhem a ira de Deus, pois ela deve ser considerada com temor e tremor. Quem não seguir este conselho instantaneamente se perderá. O vento levará consigo veneno e o espalhará por toda a terra. Aquele que sofrer e morrer de forma inocente será considerado mártir e estará Comigo no Meu Reino. O demônio triunfará (nestes dias). Mas na terceira noite cessarão os terremotos e o fogo, e no dia seguinte o Sol aparecerá. Anjos descerão do Céu e derramarão sobre a terra o espírito da paz. Dos que se salvarem subirá ao um profundíssimo sentimento de gratidão. O tribunal criminal que será erigido não pode ser comparado a nenhum outro, desde a criação do mundo. Uma terça parte da humanidade perecerá”.
É preciso esclarecer que o terceiro segredo de Fátima, assim como outras profecias, não termina catastrófico, com a destruição completa da existência terrestre. O resultado final de todo esse caos – se é que vai mesmo ocorrer; é o nascimento de uma nova era de paz e bem-aventurança. No momento em que o homem conseguir sua purificação após o cruzamento do lodaçal impuro de seu egoísmo e materialismo, a humanidade viverá sob a regência de um ciclo planetário de fraternidade, comunitarismo, cooperativismo, pacifismo e felicidade. A nova humanidade, que milhões de seres aguardam com grande fé e esperança, como uma luz que ilumina seus caminhos, será uma realidade após as mais duras provações e desgraças: a mais turbulenta e nebulosa noite de tempestade que precede um novo amanhecer da vida na Terra. Não se trata de um castigo divino, mas sim da espinhosa colheita após uma farta e duradoura semeadura. Nesse sentido, as nuvens podem temporariamente encobrir o sol, mas a despeito de sua aparente ausência, sua luz continua a brilhar.
O que nós precisamos reter de mais importante é que a humanidade está sendo testada. É como uma prova final para o aluno passar de ano. O aluno só poderá freqüentar a série seguinte se demonstrar que conseguiu assimilar com eficiência os ensinamentos do ano que se passou. O mesmo ocorre com a nova era: a humanidade precisa estar pura para vive-la em toda a sua plenitude. Por esse motivo, as provações são naturais, e um prenúncio do despertar coletivo. É como a lagarta que rompe o casulo para se transformar em borboleta.
Já está quase passando da hora de se tomar seguinte decisão: você será a lagarta que morre, ou a borboleta que renasce e voa? (Autor: Hugo Lapa)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Veja uma outra versão do caso, verdade ou mentira sobre os 3 dias? Confira!

http://www.libertesuamente13.blogspot.com.br/2014/11/nasa-confirma-terra-tera-6-dias-de.html

0 comentários:

Postar um comentário